You are currently viewing CRP articula reorganização do Comitê regional do FNDC

CRP articula reorganização do Comitê regional do FNDC

 

A comunicação sempre influenciou o comportamento, pensamento e opinião da sociedade. Não é a toa que a imprensa recebe a alcunha de quarto poder. Diante deste contexto, o Conselho Regional de Psicologia retomou sua posição junto ao Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) e, realizou no dia 16 de agosto uma reunião aberta a fim de reestruturar o Comitê do FNDC em Mato Grosso do Sul.

 

“O que interessa para a Psicologia são os impactos e até os danos que a comunicação exerce sobre a subjetividade do ser humano”, declarou a vice-presidente do CRP 14/MS e coordenadora da Comissão de Comunicação do Conselho, Beatriz Xavier durante a reunião.

 

O evento que contou com a presença do superintendente da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Orlando Guilhon, reuniu professores universitários, jornalistas, pesquisadores e representantes de instituições de comunicação com o objetivo de retomar a discussão, em Mato Grosso do Sul, sobre a Democratização da Comunicação.

 

Orlando destacou o protagonismo da Psicologia junto ao Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) em duas grandes mudanças comunicação brasileira.

 

“A participação de psicólogos(as) junto ao FNDC foi fundamental na discussão da Classificação Indicativa de horário e programação da televisão brasileira que hoje é regulamentada por Lei e, sobre a proibição de publicidade infantil – usando crianças e adolescente, por exemplo”, destacou Guilhon.

 

Para o superintendente, Democratizar a Comunicação começa na ampliação da discussão com pessoas de outras áreas, desde uma dona de casa até um profissional liberal.

 

“Quando você democratiza a comunicação você empodera a sociedade para decidir sobre a saúde que ela quer, a educação que ela deseja, democratizar é dar voz”, complementou a Conselheira Irma Macário.

 

De acordo com Guilhon a comunicação democrática deve fazer parte da cesta básica da cidadania, tão importante quando reforma agrária, defendeu.

 

A reunião foi um marco na reestruturação do Comitê. Todos os interessados em contribuir nesta discussão podem participar enviando uma mensagem com dados e contatos pessoais para o e-mail politica@crpms.org.br ou pelo telefone (67) 3382-4801