You are currently viewing Curso de Psicologia do CPAN/UFMS completa 50 anos

Curso de Psicologia do CPAN/UFMS completa 50 anos

Homenagens à professores e debate sobre a Psicologia e o Compromisso Social foram as atividades que reuniram estudantes, docentes e egressos, no primeiro dia do evento que celebra os 50 anos do curso de Psicologia do câmpus do Pantanal, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A abertura do Congresso Comemorativo ocorreu na noite de quarta-feira, 5, no auditório Salomão Baruki, em Corumbá. A programação de atividades segue até sexta-feira, 7, com palestras, apresentações de trabalhos acadêmicos e o encontro dos estudantes de psicologia.

Em pronunciamento, a professora da UFMS e uma das organizadores do Congresso, Beatriz Xavier, destacou a grande contribuição que o curso de Psicologia da UFMS deu ao longo desses 50 anos para o desenvolvimento do Estado, formando profissionais e pesquisadores na área. “É quando estamos em um momento como esse que temos a oportunidade de mencionar pessoas que são reconhecidas pela dedicação, compromisso e competência; e que fazem com que a nossa Instituição seja cada vez melhor”, disse, referindo-se às/aos profissionais que colaboraram para a consolidação da educação da Psicologia. “Estamos aqui para celebrar, mas também para olhar para o futuro e ousar, com ética e compromisso social”, declarou, estimulando estudantes e profissionais a se comprometerem a realidade social do Brasil.

A Conselheira Federal de Psicologia, Marisa Helena Alves, aproveitou a ocasião para felicitar o protagonismo da empreitada que levou para o centro-oeste brasileiro, em uma região de fronteira com a Bolívia, o ensino da Psicologia. “Resta-nos parabenizar todos. Aqueles que iniciaram o projetos, os pioneiros, os que continuam a trabalhar neste projeto, ao corpo discente, docente e técnico do curso. Que a Psicologia aqui construída possa continuar contribuindo para minimizar os sofrimentos e avançar na construção do bem comum para todos os povos dessa região”, afirmou.

Já a conselheira e presidente do Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul (CRP14/MS), Irma Macário, lançou uma reflexão: o que caberia em 50 anos. Para ela, a resposta é simples: uma jornada repleta de história e desafios que define o teor de uma profissão que marca a vida de várias pessoas. “Os vários percursos que a Psicologia percorreu ao longo desses anos são importantes, pois definem a profissão que temos hoje. Uma profissão que não pode deixar de estar atenta às necessidades da sociedade, buscando sempre o compromisso social. Essa é a responsabilidade da Psicologia; de uma profissão que completa 50 anos e olha para realidade brasileira sem perder o cuidado”.

História e projeto social

A grande conferência da noite “Psicologia e Compromisso Social” foi proferida pela professora Ana Bock. Em sua fala, Bock contou um pouco da história da profissão ao longo de seus 55 anos de existência. O projeto de compromisso social da Psicologia, segundo a psicóloga, traz como suas metas a possibilidade de tornar a profissão acessível à maioria da população, com uma oferta de serviços e conhecimentos que contribuam para a construção de condições dignas de vida em nossa sociedade. “O compromisso social surgiu da  ideia de transformar o vínculo da Psicologia com sociedade e sua  maneira de relacionar o conhecimento psicólogico com a realidade social do Brasil”, explicou Bock.

Reconhecimento

Durante a ceromônia, o professor de Psicologia do CPAN/UFMS, Wilson Ferreira de Melo, recebeu uma homenagem por seus 42 anos de dedicação ao ensino. Wilson contou um pouco da história do curso que foi criado em 13 de novembro de 1967, no antigo Instituto Superior de Pedagogia de Corumbá (ISPC), Em 1972, o curso foi integrado à Universidade Estadual de Mato Grosso, que depois, em 1979, com a criação do Estado de Mato Grosso do Sul, foi incorporado ao Centro Universitário de Corumbá da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O evento também homenageou professores e profissionais que foram alunos da UFMS.