You are currently viewing Sueli Viçoso representa CRP 14/MS na reunião nacional do CREPOP

Sueli Viçoso representa CRP 14/MS na reunião nacional do CREPOP

Atualmente, o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Politicas Sociais – CREPOPconfigura-se como um Centro de Pesquisas e está formado em rede, composta pelos Conselhos Regionais (CRP). Cada unidade local tem por objetivo promover a qualificação da atuação profissional de psicólogos que atuam em políticas públicas por meio de pesquisas e da sistematização e divulgação de informações acerca da prática profissional da categoria nestas políticas, segundo uma agenda de pesquisa integrada nacionalmente.

Para a implementação e consolidação do Crepop foi estruturada uma metodologia de elaboração de referências técnicas baseada na investigação das práticas profissionais. Essa investigação foi idealizada a partir de metodologia de pesquisa fundamentada na triangulação de dados, composta por pesquisa documental, levantamento de dados quali/quanti e coleta de dados qualitativos em conformidade “Metodologia do Centro de Referências Técnicas em Políticas Públicas” vigente.

Dentre as várias atividades, a elaboração de documentos de referência técnica para a prática profissional em políticas públicas constitui-se como a mais expressiva, por representar uma referencia concreta para nortear a reflexão sobre a prática do psicólogo.

Nos dias28 e 29 de novembro de 2014, a conselheira Sueli Viçoso do Amaral, do CRP 14ª se fez presente na reunião nacional do CREPOP em Brasília, que objetivou:

– avaliar o desenvolvimento das pesquisas sobre a atuação do (a) psicólogo (a) em diferentes politicas públicas, definindo a publicação de pesquisas já realizadas e a agenda para 2015, a saber, duas pesquisas novas: Direitos sexuais e reprodutivos e de Populações Indígenas, Tradicionais e Quilombolas;

– avaliar a atual metodologia utilizada nas pesquisas do CREPOP; promover a troca de informações sobre avaliações e encaminhamentos do grupo de trabalho da politica indutora. Definiram-se ainda pelos encaminhamentos

 

ENCAMINHAMENTOS REUNIÃO NACIONAL DO CREPOP – NOVEMBRO/2014

 

  1. PUBLICAÇÕES PENDENTES
    1. Encaminhar os relatórios produzidos pelo GPM&E aos CRP´s;
    2. Encaminhamento de solicitação de indicação de nomes para comissão ad hoc;
    3. Encaminhamento de solicitação de conselheiros regionais para acompanhar as pesquisas;
    4. Indicação de criação do GT para revisão e reimpressão de edições publicadas;
    5. Resgatar antigas comissões ad hoc e verificar disponibilidade de continuidade;
    6. Elaboração de calendário para andamento das pesquisas em curso (anexo);
    7. Inclusão da impressão da referencia de álcool e outras drogas no exercício de 2014;
    8. Revisão e atualização do caderno de metodologia incluindo o instrumento de validação e as notas técnicas. (produzido na reunião nacional de 2012).

 

  1. NOVAS PESQUISAS
    1. DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS
      1. Organização de agenda (anexo);
      2. Proposição da pesquisa ao comitê de ética (Plataforma Brasil);
      3. Proposta de Ano temático para APAF para 2016.

 

  1. COMUNIDADES INDIGENAS, TRADICIONAIS E QUILOMBOLAS.
    1. Pautar essa pesquisa na próxima reunião Crepop Nacional;
    2. Encaminhar Marcos Lógicos Legais Nacionais para os CRPs.

 

  1. AVALIAÇÃO DO FUNCIONAMENTO DO CREPOP COMO UM TODO
    1. Compartilhar o debate do GT de Política Indutora;
    2. Proposta de Ano Temático para APAF para 2015 – Participação Social;
    3. Criação de roteiro de avaliação pelo Crepop Nacional e envio aos CRPs (andamento dos trabalhos);
    4.  Sistema de monitoramento;
    5. Política financeira (revisão do apoio aos CRPs);
    6. Apresentação na APAF-12/2014 o estudo do impacto financeiro do CFP e na APAF de maio/2015 o estudo impacto financeiro dos CRPs;
    7. Definição de formato de repasse – convênio.

 

  1. POLITICA INDUTORA.
    1. Aprovar a minuta da Política Indutora do Uso de Dados na APAF de dezembro de 2014;
    2. Elaborar minuta de Resolução para consulta prévia ao Sistema Conselhos e aprovação na APAF de maio de 2015 (vide cronograma específico);
    3. Estudar a disponibilização das pesquisas do Crepop em comitês de éticas e na Plataforma Brasil via CREPOP Nacional;
    4. Investigar nos registros do Sistema Conselho históricos sobre Crepop/Comitê de ética;
    5. Elaborar calendário de operacionalização da Politica Indutora e agenda de reuniões;
    6. Propostas para duas reuniões presenciais em 2015, sendo uma em cada semestre.
    7. Financiamento da Política Indutora;
    8. Elaboração de dois termos de compromisso de uso de dados;
    9. Proposta de divulgação da Política Indutora;