You are currently viewing CRP14/MS avança em projeto de nova sede para atender as necessidades da categoria

CRP14/MS avança em projeto de nova sede para atender as necessidades da categoria

O ano de 2021 termina com a categoria de psicólogas(os) de Mato Grosso do Sul mais perto de ter uma nova sede. As discussões sobre o tema acontecem desde 2013 e neste ano a construção de um novo prédio para o CRP14/MS (Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul) evoluiu de forma considerável.

O vice-presidente do CRP14/MS, Walkes Jacques Vargas, destaca que desde 2012 o conselho tem discutido a necessidade de uma nova sede para a autarquia. “A cada ano que passa o número de profissionais cresce e consequentemente aumenta também a demanda administrativa da entidade”.

No ano de 2013 o plenário do CRP14/MS deliberou pela criação de um Fundo de Reserva denominado Compra de Imóvel e também a Assembléia Geral realizada naquele ano (em 21/08/2013) deliberou pela criação de um Grupo de Trabalho (GT) para acompanhamento das demandas pertinentes ao assunto.

No ano de 2018 o assunto foi retomado pelo referido GT, porém como as necessidades da autarquia não foram atendidas com imóveis prontos, restaram infrutíferas as buscas e entendeu-se que a melhor via seria pela aquisição de um terreno, de maneira que houvesse uma construção personalizada para o prédio que abrigará a luta da psicologia em Mato Grosso do Sul.

Em fevereiro de 2018 o CRP14/MS contratou empresa para elaboração do programa de necessidades e pré-dimensionamento da nova sede do Conselho Regional de Psicologia.

Já em maio de 2019 foi lançado Edital de Chamamento Público para Aquisição do terreno, tendo sido a compra concluída em setembro do mesmo ano. O terreno está localizado na Rua Itaquiraí, n. 297, Bairro Bela Vista, em Campo Grande, e conta com mais de 1.400 mt² de área.

Em abril de 2021, o CRP14/MS constituiu novo Grupo de Trabalho em Assembleia Geral Extraordinária, dessa vez para o acompanhamento dos projetos (arquitetônicos e de engenharia). Em setembro foi finalizado o processo licitatório que definiu a empresa para realização dos referidos projetos.

“Esperamos entregar para a categoria, dentro de algum tempo, mais um passo na concretização desse sonho: uma sede que atenda de forma integral as necessidades da categoria e de toda a sociedade”, destacou o vice-presidente.