You are currently viewing Para dar voz aos povos indígenas, CRP14/MS segue com ciclo de encontros sobre saúde mental

Para dar voz aos povos indígenas, CRP14/MS segue com ciclo de encontros sobre saúde mental

Dando continuidade ao ciclo de eventos no mês de maio, o CRP14/MS (Conselho Regional de Psicologia de Mato Grosso do Sul – 14ª Região) realizou em Dourados um encontro no último dia 23, para debater a saúde mental indígena.

O evento reuniu profissionais e o público em geral para discutir sobre “A prática da Psicologia com os povos indígenas no contexto da Grande Dourados: a construção da Referência Técnica em Psicologia através da narrativa indígena”. O encontro é uma realização do Núcleo de Saúde Indígena e CREPOP.

“Esta população historicamente têm sido violentada e inserida em condições de vulnerabilidade social, cabe à ciência psicológica ouvir as demandas e necessidades dos povos originários, conhecer sua cultura para uma atuação junto aos povos, a partir de suas práticas culturais, o que requer um processo de desconstrução dos saberes ocidentais e tradicionais da nossa práxis”, destaca a psicóloga e Técnica Regional do CREPOP do CRP14/MS, Krisley Amorim de Araújo.

Coordenadora do Núcleo de Saúde Indígena do Conselho e da Comissão em Direitos humanos, Vanessa Terena destacou que o encontro busca dar voz aos indígenas. “Esse tipo de encontro é essencial para o futuro da profissão no Estado, onde damos oportunidade para o indígena falar sobre suas dores e da sua realidade. Assim, encontramos os melhores meios para ajudar essa população”, disse.

A psicóloga Bárbara Marques Rodrigues, especialista em Impactos da Violência na Saúde, foi uma das palestrantes e destacou como as principais demandas da população indígenas a violência doméstica, a descoberta da identidade de gênero, a violência física e a vulnerabilidade econômica.

Micheli Alves Machado, pedagoga e Mestre em Educação falou sobre o desafio dentro das reservas de Dourados que para além dos indígenas hoje também é composta por imigrantes e, portanto, outros costumes e culturas.

O CRP14/MS destaca que está prevista a realização de mais um encontro em Campo Grande que vai fechar o ciclo de eventos sobre saúde mental indígena. Sendo produzido, posteriormente, um documento a partir das discussões realizadas e das questões que foram levantadas durante esses eventos.